quinta-feira, 14 de maio de 2009

Computador biodegradável


Dupla de espanhóis apresenta o primeiro "netbook" livre, solar e biodegradável

Dois madrilenos criaram o primeiro computador de software livre, alimentado a energia solar e totalmente biodegradável. Tudo isto a partir de 130 euros e disponível em várias cores. O computador é fabricado na China (com baixos custos de produção) e o “software” é desenvolvido em Madrid. O iUnika Gyy estará à venda em finais do próximo mês de Junho e estará disponível em 15 mil pontos de venda em todo o mundo.


A “carcaça” do iUnika Gyy é feita com produtos totalmente naturais, como sejam a farinha de milho e a celulose, que se fundiram numa espécie de bioplástico, um material seguro até aos 85 graus centígrados.

Dois dos portáteis (modelos solar e GSM solar) carregam-se com uma placa aplicada no dorso do computador. “Demoram entre cinco e sete horas a carregar. Fizemos muitos testes, mas nunca obtivemos o mesmo resultado. Depende do sol, do ângulo... A boa notícia é que se mantém. Ao contrário de um computador normal, alimenta-se enquanto o utilizador está a trabalhar, sem cabos”.
O portátil vem com “umas 30 aplicações de software pré-instaladas. Existe um armazém com milhares de programas que podem instalar-se livre e gratuitamente. A ideia é que cada um o personalize”, comenta Machón, citado pelo “El País”.

in Público

1 comentário:

Isabel Ramos ( Verde que te quero ver-te ) disse...

Parabéns pela postagem !

Gde abraço,

Isabel