terça-feira, 9 de setembro de 2008

Projecto português vai plantar 400 milhões de árvores


O projecto «Floresta Unida», desenvolvido por técnicos florestais portugueses, vai lançar um programa de plantação de 400 milhões de árvores até 2030, em Portugal e no estrangeiro, disse à Lusa o coordenador David Lopes.

Trata-se «do maior projecto de reflorestação do mundo envolvendo a gestão e protecção das espécies durante 30 anos».

«Até hoje, plantavam-se árvores por plantar. Nós queremos que as empresas que apoiam o programa assegurem também a sua gestão e protecção por um período de 30 anos», frisou David Lopes. O objectivo, explicou, «é que 60 a 80 por cento das espécies plantadas tenham acompanhamento e protecção durante aqueles anos».

Só para Portugal, está prevista a plantação de 100 milhões de árvores, enquanto as restantes serão distribuídas por Chile, Espanha, Itália, Grécia e Moçambique, países que aderiram ao programa o «Amanhã será sempre verde».

As espécies serão plantadas em áreas que foram atingidas por incêndios florestais, pragas, doenças, ou sofreram problemas de erosão e outros que atingem todo o património florestal mundial.

in IOL Diário

8 comentários:

tiago disse...

esta iniciativa se realmente vier a ser feita será espectacular. se for como eles dizem é muito bem pensado.
Gosto sempre de ver notícias destas.
Mas também é verdade que não é só com isto que iremos ajudar, pois serão precisas muitos mais projectos, mas que não tira o mérito a este projecto, muito pelo contrário e como já disse este projecto se vier a ser feito como eles dizem é espectacular.
;)

Ana disse...

Realmente são necessárias muito mais iniciativas!Mas é de louvar as que existem,pois apesar da necessidade deste tipo de projectos,as pessoas ainda não estão suficiententemente peocupadas com esta área... As prioridades estão trocadas...

Joao disse...

Quem não se questiona sobre os problemas ambientais? Muito falado, é verdade, mas será que estes problemas são solucionados? Soluções existem, mas pessoas com vontade para as aplicar são poucas... Todos nós sabemos o quanto é importante pensar no efeito do nosso quotidiano no ambiente, mas, frequentemente, simplesmente sentimos que não temos tempo para fazer todas essas mudanças importantes.
É ainda mais importante fazê-las, quando as futuras gerações irão viver neste planeta e terão o direito de desfrutar a vida que nós possuímos.
Não será exagerado dizer que estamos a ser um pouco egoístas com as futuras gerações e imprudentes com nós próprios ao destruir o maravilhoso planeta em que vivemos e, que sem ele, não poderíamos existir...
e que bela ideia esta a nossa
no meu blo tem lá mais uma dos nossos amigos da Dinamarca! passa por lá
beijinhos

Joao disse...

passa por http://joaobragancan.wordpress.com
há algum tempo que não vais lá!

ah e vejo que o Tiago está contagiado por este maravilhoso blog! boa tiago! assim podemos ficar informados das coisas e contribuir para um planeta melhor!


abraços pro tiago e beijinho pa ana!

Ana disse...

Já comentei a iniciativa dos dinamarqueses!
Eu concordo contigo na medida em que as pessoas estão alerta para os problemas ambientais,porque agora é algo que se fala muito.
No entanto,as pessoas não estão dispostas a abdicar do seu estilo de vida para poupar o nosso planeta.E esta mentalidade é triste porque além de prejudicarmos as gerações vindouras também as nossa ainda serão prejudicadas!
Os meus amigos olham para mim como se fosse um ET porque apesar de ter carro ando muitas vezes a pé... As senhoras das caixas dos hipermercados também olham para mim de lado só porque eu levo os meus sacos de casa... Falta mudar mentalidades... Que é o que tentamoa fazer...

tiago disse...

isso que a ana referiu foi exactamente aquilo que eu comentei com o João num dia e a verdade é que muita ou quase toda a gente passa a vida a criticar o governo por não ter coragem de tomar certas medidas, quando são essas mesmas pessoas (no geral claro) a não ter a coragem necessária para tomar medidas tão simples como são estas e outras em prol do ambiente. há muita vontade de fazer muita coisa, só que contrastando com a muita falta de coragem para começar a fazer qualquer coisa.

E fugindo ao tema, apesar de tudo eu apoio o sócrates (e apesar e os seus ideais não serem genuinamente socialistas) pois acredito que se for eleito outro governo isto poderá piorar muito mais, pois o sórates acho que está a desenvolver um belo projecto de desenvolver aos poucos tentando primeiro recuperar um pouco (muito) da economia e só depois avançar com grandes investimentos (que até já estão a ser feitos).
APOIO O SÓCRATES

e para ti ana o que eu disse não tem importância pois pelo que vejo no que toca ao ambiente como certamente com outras coisas pareces ser exemplar.
fica bem

EcoTretas disse...

Uma verdadeira treta! Vejam lá: 100 milhões de árvores só em Portugal? Façam as contas e vejam onde as conseguem meter todas... Ainda vão descobrir que vão ter que arrancar sobreiros para plantar, talvez, eucaliptos...
Sim, porque os eucaliptos são a melhor árvora para combater o aquecimento global!
Ecotretas
http://ecotretas.blogspot.com/

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.