sábado, 11 de agosto de 2012

Onde estão as pessoas que contribuem para um mundo melhor?

O ser humano é uma figura que eu não vou entender nem que viva muitos anos.
Quando olho em volta vejo que muitas pessoas têm filhos ou querem ter filhos mas quando se abordam questões de sustentabilidade a maioria vira costas. Do meu ponto de vista quem tem ou quer ter filhos não se deveria preocupar em deixar um mundo melhor para eles?
Se calhar o problema é meu que acho que o planeta é de todos (os que estão e os que vão estar) e não consigo conceber viver uma vida que ajude a destruir o bem-estar dos outros e viver apenas para o umbigo.
Vivemos numa sociedade adormecida em que a maioria de nós apenas vive para si e para quem os outros não representam nada. Não consigo perceber esta forma de viver. Quando morrermos e olharmos para trás o que deixámos, afinal de contas?
Eu sei que há pessoas que fazem da sua vida um contributo para um mundo melhor,mas ainda não o suficiente para o equilíbrio.
E se todos nós uma vez por semana usássemos o nosso tempo para contribuir para um mundo melhor?
Esta é apenas uma reflexão, as acções ficam ao critério de cada um...

8 comentários:

Quotidianos de seda disse...

CONCORDO EM ABSOLUTO !
Sei que tudo o que faço é uma gota de água num oceano mas tento ao máximo defender o Planeta. Regra geral cada atitude que tenho tem esse aspecto em consideração. Reciclo, reutilizo, evito poluir, tento usar produtos que tenham o mínimo de impacto negativo e tento passar a mensagem.
Faço estas pequenas coisas ao nível da alimentação, higiene, limpeza, transportes.
Sei que ainda posso melhorar mais. Tenho vontade para que isso aconteça. O mais dificil é mesmo fazer com que outros cumpram mas...NÃO BAIXEMOS OS BRAÇOS. Quem acredita NÃO PODE DESISTIR. Aos poucos as mentalidades neste âmbito hão de melhorar. Tenho fé e esperança nas novas gerações. Hoje mais do que nunca se vê a criança a ter estas noções quando os pais e os avós não as tinham.
Coragem amiga. Não percamos o ideal de vista.
Beijinhos

Ana disse...

Sim,é verdade.Não podemos desistir.Porque se os poucos que se preocupam desistem então é que não há salvação possível para o planeta...
Não sou negativa,mas que às vezes o entusiasmo vai abaixo,vai...
Mas ainda assim confio que uma parte da humanidade vá a pouco e pouco despertando...
Obrigada pelas palavras positivas.

Beijinhos

Emidio Campos disse...

Parabens pela materia

Blog http://biousina.blogspot.com

Emidio Campos

SDaVeiga disse...

Quando me tornei mãe, todas as paixões se tornaram mais fortes precisamente por essa vontade de fazer melhor pelo planeta, não só pelo meus filhos, mas por todos.
Não compreendo as atitudes de algumas pessoas, mas sei que mudar a nossa mente é um processo que leva tempo e cada um de nós tem o seu ritmo, por isso não vale a pena querer que todos façam tudo igual ao mesmo tempo.
Mas eles lá chegarão e essa ideia de fazer voluntariado pode ser o suficiente: como está na moda, pode ser o que os leve a fazer o clique da mudança.
Tem esperança e nunca desistas, especialmente de partilhar coisas importantes e inspiradoras aqui e no Reinventar!

Continuação de bom fim-de-semana,
Sónia

Ana disse...

Esperemos que sim Sónia!
Obrigada!Não pretendo desistir.

Beijinhos
Ana

Manuela Araújo disse...

Ana

Faço minhas as palavras da Sónia :)

Já comprovei que não adianta forçar, tudo tem o seu tempo, e só podemos dar o exemplo e ajudar os outros a dar pequenos passos, nunca a pular degraus de escadas ou dar grandes saltos, porque ficam sem chão!

Beijinhos e força!

aNaTureza disse...

Percebo perfeitamente o desabafo!

Ana disse...

Olá Manuela!
Sim,é verdade,tudo tem o seu tempo.Eu sei disso,mas às vezes esqueço-me.
Obrigada pelas palavras.
Beijokas