sábado, 19 de novembro de 2011

A alimentação dos portugueses

Confesso que estou um pouco preocupada com os hábitos de alimentação do nosso povo.
Hoje estava num conhecido supermercado e as 2 pessoas que estavam à minha frente tinham em comum as suas compras: pizzas congeladas e refrigerantes.É claro que duas pessoas não se pode considerar como amostra, mas esta pessoas são apenas o retrato do que vejo diariamente.

Não quero ser moralista porque nem sequer tenho formação em nutrição. Mas os meus pais, na educação que me deram, passaram-me valores neste campo que sigo quase religiosamente. São eles: comer sopa, comer vegetais, comer fruta, comer essencialmente carnes brancas, comer peixe (este é mais problemático) evitar alimentos processados e congelados.
Foi apenas a mim que me foi transmitido isto????
Que educação é/foi dada aos portugueses em termos de nutrição?

Para mim a alimentação é extremamente importante para o bem-estar e saúde.

A grande maioria de pessoas que conheço só dá importância à alimentação quando o médico impõe uma dieta ou precisam de seguir uma dieta para emagrecer. A minha visão é outra.
O combustível que colocamos todos os dias dentro do nosso corpo tem de ser de qualidade, senão mais tarde ou mais cedo, a máquina vai avariar e aí já pode ser tarde demais.
O que não falta actualmente são estudos que relacionam certas doenças com os hábitos alimentares.

Não deveria a correcta alimentação ser uma prioridade dos nosso currículos escolares, já que por si as pessoas não o fazem correctamente?

A foto deste post foi o meu almoço de hoje. Na empresa onde trabalho a minha comida é sempre vista como "estranha". Confesso que não sou grande cozinheira, por isso cozinho sempre refeições simples e saudáveis.
Utilizo muitos vegetais e como sopa e fruta todos os dias. Quase não como carne. Utilizo o wook para cozinhar com pouca gordura. Compro alimentos biológicos (especialmente frutas e verduras). Não sou perfeita. Adoro chocolate e doces. De vez em quando bebo uns copos.
Mas no meu dia-a-dia tento ser saudável porque o que eu como vai reflectir-se na minha saúde e a minha saúde não tem preço.

4 comentários:

Ana disse...

Acredito que a crise vai forçar os Portugueses a mudar de hábitos alimentares e não só.

Quanto a "estranha" que falaste, sinto-me muitas vezes vista assim. O facto de marcarmos a diferença com atitudes saudáveis ou ecológicas, faz com que nos olhem como estranhos. Enfim! É o país que temos.

Beijinhos e boa semana :)

Ana disse...

Olá Ana!
Sem dúvida que a crise vai mudar os hábitos dos portugueses e eu acho que isso pode ser algo positivo.
Quanto ao "estranha" é chato mas vou-me habituando...
Sou estranha porque faço iogurtes,porque faço pão,porque como muitos vegetais...Enfim sou um verdadeiro Frankenstein :)
Beijos e boa semana

Diana disse...

Compreendo perfeitamente o que dizes. Sou vegan e tenho pessoas a comentar aquilo que como a toda a hora. Quando vou às compras e digo que não quero sacos ficam a olhar para mim com ar de "quem é este ET?!".
Somos diferentes e por isso olham-nos de forma diferente, gostava que não fosse assim...aos poucos há-de mudar!

Ana disse...

Pois Diana tu então sabes bem do que falo... Para ti não deve ser fácil...
Para mim não tem sido e conheço muito bem esse filme de ir ao supermercado e ficarem a olhar para mim por não querer saco (já aconteceu dizerem-me olhe que não se paga...),mas ao saber que existem mais pessoas que se preocupam e integram esta preocupação no dia-a-dia ajuda a seguir em frente :)
Eu acho que isto vai mudar!
Um beijinho