quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Aquecimento global aumenta riscos de pedras nos rins


As alterações climáticas,com o consequente aumento da temperatura ambiente, podem vir a provocar um crescimento, de até 30%, de casos de cálculo renal. De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas americanos, este problema será causado pela intensificação da desidratação, um dos principais factores de risco para o desenvolvimento de pedras nos rins.
O cálculo renal ou nefroltíase é uma doença comum, caracterizada por cristais formados por minerais dissolvidos na urina,que podem ser causados por problemas ambientais ou pelo metabolismo.


in Revista Boa Forma (Setembro 2008)

1 comentário:

PLANETA MAGNETICO disse...

PARA SE EVITAR PEDRAS NOS RINS USE UM IMANTADOR DE LIQUIDOS. ESTÁ COMPROVADO QUE ÁGUA IMANTADA, EVITA O APARECIMENTO DE CÁLCULOS RENAIS E TAMBÉM AFECÇÕES GRAVES. CONHEÇO PESSOAS QUE TINHAM RECEBIDO INDICAÇÕES MÉDICAS PARA HEMODIÁLISE E APÓS CONSUMIREM ÁGUA MAGNETIZADA O RIM VOLTOU A FUNCIONAR NORMALMENTE

APARECIDO DONIZETI PEREIRA
RIBEIRÃO PRETO-SP
EMAIL- cidão1000@sapo.pt